ghfgh

PROXIMO JOGO SANTA COMBA DAO X SARGENTO MOR SABADO 04-11-2017 DADFSHHG

segunda-feira, 4 de junho de 2012

2 Junho de 2012 Torneio de Futebol de Veteranos em Fátima



Realizou-se no último Sábado, dia 2 de Junho de 2012, no Estádio João Paulo II em Fátima um torneio de futebol de veteranos. Além da equipa da casa, o Clube Veteranos de Fátima, participaram ainda as equipas de: (Velhas Guardas de Souselo – Cinfães); (Sargento-Mór Futebol Clube – Coimbra) e (Veteranos de Mação – Santarém). No referido torneio realizaram-se 4 jogos:
(Fátima)             3          -           0          (Souselo)
(Sargento-Mór) 1          -           0          (Mação)
(Mação)             5          -           5          (Souselo)
Vitória da equipa de Mação, após o tempo regulamentar, através do desempate por grandes penalidades.
(Fátima)             3          -           1          (Sargento-Mór)
A tarde estava óptima para a prática desportiva, local sagrado, tempo ameno, relvado em boas condições e também algum entusiasmo nas bancadas. O torneio decorreu dentro da maior normalidade, houve algumas picardias em campo, mas não passou disso mesmo. Para um torneio como este, exigia-se uma equipa de arbitragem com nível e à altura dos acontecimentos e não um grupo de incompetentes, como foi o caso. Penso que o sorteio dos jogos deveria ter sido realizado na presença das equipas participantes e não estar viciado e predefinido à partida.
Os jogos foram intensos. As equipas deram o melhor que sabiam e podiam. Verificou-se alguma falta de fair-play à mistura com uma linguagem pouco apropriada para um torneio e um convívio que se quer e se diz amigável. Alguns jogadores esquecem-se que a função deles dentro do campo é jogar à bola, por isso gastam muita energia a abrir a boca em vez de correrem atrás da bola. A equipa de arbitragem era de um nível deplorável, nunca visto. Os fiscais de linha eram de uma falta de rigor a toda a prova e o árbitro raramente saiu do grande círculo, não podendo desta maneira actuar disciplinarmente quando a situação o exigia, nem decidir e ajuizar correctamente os lances mais polémicos.
A equipa de Soutelo, pratica bom futebol, muito correctos disciplinarmente, foram uma agradável surpresa.
A equipa de Mação, muito aguerrida, nunca vira as costas ao jogo. Luta sempre até ao apito final.
A equipa anfitriã, de Fátima, foi a vencedora do torneio. É uma equipa onde os seus elementos mostram que sabem jogar à bola e posicionam-se correctamente no campo. Percebe-se que pelas suas pernas já passaram muitas horas de futebol. Sendo bons, nada justifica que distribuam pau a toda a hora pelos adversários. Isto perante a total conivência e displicência do árbitro. A formação de Fátima poderia e deveria ter participado no torneio com 11 jogadores? Poder podia, mas não era a mesma coisa. Então optaram por jogar pelo seguro, não fosse acontecer algum imprevisto e jogaram descaradamente à boa maneira portuguesa, as duas partida com 14 elementos.
A equipa do Sargento-Mór apresentou-se igual a si própria. Sem grandes alterações de fundo ao nível do plano técnico - táctico, embora faltassem dois elementos fundamentais. Apenas ressalvo dois pontos.
Grande, grande jogo do número 9. Enche o campo, força física e remate potente, peca por vezes por algum egoísmo / individualismo na parte final das jogadas.
Tivesse o Sargento-Mór dois ou três elementos com a garra, o empenho, o querer, o saber e a ambição do número 23 e outro galo cantaria. O 23 dá o que tem e o que não tem, deixa a pele dentro do campo. Luta do primeiro ao último minuto, nunca se dá por vencido. Grande atleta e grande atitude dentro das quatro linhas.
Dos quatro jogos realizados, o jogo para a atribuição do terceiro e quarto lugar foi o melhor. À boa maneira inglesa as duas equipas quiseram ganhar o jogo. E foi um jogo de ataque de parte a parte. Foi electrizante até ao fim. Assim dá gosto ver futebol.
Para finalizar, destaco o jantar que decorreu dentro da maior confraternização. Grande convívio entre todos os elementos das 4 equipas. Não posso deixar de expressar (em nome de toda a equipa do Sargento-Mór) o meu muito obrigado ao Clube de Veteranos de Fátima pelo convite que nos endereçaram e que levou à nossa participação neste torneio. 

Sem comentários:

Enviar um comentário